MACHADO DE ASSIS

MACHADO DE ASSIS

Machado de Assis (1839-1908) nasceu e morreu no Rio de Janeiro. Autodidata, escreveu para a imprensa ao longo de toda a sua vida intelectual. Consagrou-se sobretudo como ficcionista, o maior que já tivemos, e é vasto e importante também seu legado como poeta, cronista, crítico literário, tradutor e dramaturgo. Seus romances, principalmente Memórias póstumas de Brás Cubas (1881), Quincas Borba (1891), Dom Casmurro (1899), Esaú e Jacó (1904) e Memorial de Aires (1908), nunca dei­xaram de conquistar sucessivas gerações de leitores. Aos poucos, sua obra se impôs em âmbito internacional entre os maiores clássicos de seu tempo. Considerado também o maior contista da língua portuguesa, nesse gênero publicou, entre outros livros, Papéis avulsos (1882), Histórias sem data (1884), Várias histórias (1896), Páginas recolhidas (1899) e Relíquias de casa velha (1906).

Pague com
  • Pix
  • Pagar.me V2
Selos

Editora Nova Fronteira Participacoes S/A - CNPJ: 33.324.484/0001-83 © Todos os direitos reservados. 2022

Fundada em 1965, a Nova Fronteira é referência em qualidade editorial, além de ser uma das editoras mais respeitadas do país.

Seu catálogo de excelência conta com cerca de 2.000 títulos de autores consagrados da literatura nacional ( Ariano Suassuna, Mário de Andrade, Rubem Fonseca, Nelson Rodrigues, Carlos Heitor Cony, Caio Fernando Abreu, Millôr Fernandes) e internacional (Simone de Beauvoir, Jean-Paul Sartre, T.S. Eliot, Bertrand Russell), assim como traduções primorosas de clássicos universais (Bárbara Heliodora, Ivo Barbosa, Ivan Junqueira).

Selo editorial das

EDITORA NOVA FRONTEIRA PARTICIPAÇÕES S/A

CNPJ: 33.324.484/001-83

RUA CANDELÁRIA, 60 - 7º ANDAR

CENTRO, RIO DE JANEIRO - RJ

20091-020 - (21) 3682-8200

FORMAS DE PAGAMENTO

  • HOME
  • QUEM SOMOS
  • FALE CONOSCO